4 erros cometidos na hora de comprar um imóvel

A aquisição de uma propriedade é um grande sonho para a maioria das pessoas. No entanto, para que isso não traga uma bela dor de cabeça no futuro, é muito importante tomar certos cuidados na hora de comprar um imóvel.

Sabemos que o mercado imobiliário é muito valorizado, e qualquer pequena falha na hora da compra pode acarretar grandes prejuízos. Quer garantir que isso não aconteça com você? Então confira a seguir e os 4 erros mais comuns nesse tipo de transação:

1. Decidir com a emoção

Decidir com a emoção é um erro muito comum na hora de comprar um imóvel e que pode originar um belo problema no futuro.

Esse é um momento no qual o comprador precisa ser extremamente frio e racional, de forma que ele escolha uma unidade que se encaixe perfeitamente nas necessidades e expectativas da sua família.

Um bairro nobre em décadas passadas, por exemplo, pode estar enfrentando problemas de mobilidade urbana ou violência e você não deve fazer essa escolha com base em suas memórias afetivas.

Já uma região que era pouco procurada pode estar em desenvolvimento e acabar sendo uma bela opção. Analise friamente e resolva com cuidado.

2. Não ler o contrato

Por incrível que pareça, muita gente acaba não lendo adequadamente o contrato na hora de escolher um imóvel. Isso pode ser bastante nocivo, especialmente se for um acordo de aluguel de longa duração, por exemplo. Lembre-se de que sua assinatura representa uma responsabilidade legal com a outra parte.

Se você tiver alguma dúvida quanto ao entendimento de alguma cláusula, pode ser importante contar com os serviços de alguém que esteja mais acostumado com o setor, como um advogado especializado em direito imobiliário ou um corretor de imóveis. É uma forma simples de evitar termos abusivos e muita dor de cabeça.

3. Ignorar as despesas extras

Além do valor destinado ao pagamento das parcelas do financiamento, é muito importante ter em mente que existem outras despesas que podem impactar severamente o seu orçamento mensal. Por essa razão, é muito importante calcular com precisão quanto você tem para gastar com sua nova residência.

No caso de uma compra, há o registro de documentos como a escritura. No caso de prédios, existem também a taxa condominial, que não costuma ser barata, especialmente nos grandes centros urbanos. Lembre-se também do IPTU e das contas ordinárias, como água, energia, gás e telefone.

4. Não checar a documentação

É fundamental checar toda a documentação da propriedade para que você realize uma compra segura e sem surpresas desagradáveis. Antes de finalizar a transação, é muito importante que você veja se a papelada está toda em ordem e se não existem pendências ou débitos em aberto.

Lembre-se de que, uma vez que você se torna o proprietário, tudo passará a ser sua responsabilidade, desde os tributos federais, estaduais e municipais, chegando até a taxa condominial.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s