Mercado de investimentos no cinema: “A grande aposta”

Um filme que aborda de maneira interessante como funciona o mercado de investimentos.

Em 2005, a maioria dos investidores apostava na solidez do sistema de hipotecas nos Estados Unidos. Michael Burry (Christian Bale), dono de uma empresa de médio porte que coordena fundos de investimento, decidiu aplicar grandes quantias apostando que o sistema imobiliário nos Estados Unidos quebraria em breve. A decisão gerou reações fortes de investidores por ser contrária à visão de grandes economistas. Um movimento arriscado, totalmente oposto às massas. Poucos se convenceram dessa oportunidade. (The Big Short, 2015, EUA).

É impactante ver um pequeno grupo avisar grandes figuras sobre a fragilidade do sistema sustentado pela ganância dos bancos. Na época os bancos faziam empréstimos de montantes maiores que o valor real do imóvel dado como garantia. Após muitos avisos ignorados, decidiram investir quantias milionárias em papéis que dariam retorno se o mercado financeiro entrasse em colapso.

Resultado: em diferentes proporções, todos os protagonistas da história ganharam grandes quantias no momento em que a crise se tornou real. Se estivessem errados, perderiam praticamente tudo o que tinham. Mesmo fazendo um movimento contrário às massas, eles tinham análises suficientes para aceitarem correr esse risco.

Apesar de conter termos técnicos sobre investimentos e mercado financeiro, o filme é compreensível ao espectador leigo. A faixa etária mínima recomendada é de 14 anos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s