Não passe aperto na viagem de fim de ano

Com as festas de fim de ano se aproximando, muita gente já começa a arrumar as malas para o merecido descanso. Para aqueles que já compraram passagem aérea e reservaram hotel, é hora de fazer as confirmações para não ter dor de cabeça. Outro detalhe ao qual é preciso se atentar é com a mala. “O ideal é fazer uma lista detalhada de tudo que a pessoa vai precisar, mas sem exagero para não correr o risco de pagar por excesso de peso ou ter que ficar carregando volumes pesados. Lembre-se, principalmente, dos medicamentos de uso contínuo e de agasalho. Às vezes, o local para o qual se vai viajar é quente, mas, mesmo assim, é preciso levar um agasalho para as mudanças de temperatura inesperadas”, destaca a consultora de viagem Célia Vasconcelos.

De acordo com ela, é preciso se atentar, também, com os gastos desnecessários. “O melhor é limitar um valor a ser gasto todos os dias. Não dá para fazer uma viagem sem planejamento financeiro. O risco de gastar demais e voltar endividado é enorme”, completa.

Por isso, o ideal é planejar com a família o quanto será gasto com alimentação, transporte, lazer e outros itens essenciais. Tudo de maneira consciente e sem desperdícios. É bom evitar gastos, por exemplo, com as famosas lembrancinhas. Tem gente que viaja e acha que tem de trazer presente para todo mundo. Às vezes, a pessoa gasta mesmo sem poder, só para agradar amigos, parentes e colegas de trabalho. Isso é um grande erro e deve ser evitado a todo custo. Afinal, ninguém quer começar 2015 cheio de compromissos financeiros que podiam ser evitados.

Por fim, lembre-se e cuide da saúde. Leve a carteirinha do plano, caso o seu convênio seja nacional, ou leve uma reserva financeira, caso precise pagar por uma consulta ou comprar medicamentos.

Deixe uma resposta