Pequenas economias, grandes conquistas

Priscila e Junior resolveram fazer uma brincadeira. Todas as moedas de R$ 1 que passassem por eles deveriam, obrigatoriamente, ser colocadas no “cofrinho-poupança” da gata de estimação do casal. A ideia é que o dinheiro custeasse a bateria de vacinação de final de ano, além de uma consulta ao veterinário. Com a chegada do mês de dezembro, pouco mais de seis meses do início da poupança, o cofrinho foi aberto para que a gata pudesse ir ao veterinário. Qual não foi a surpresa ao contabilizarem mais de R$ 600 em moedas de R$ 1. Resultado: além do check-up completo, com direito a coleira nova e petiscos, o dinheiro custeou parte da pintura nova da sala do apartamento do casal.

Esse exemplo mostra o poder das pequenas economias. O troco errado, os pequenos reajustes de preços no comércio, a compra de um capricho ou de um pequeno luxo, a comida a mais que você se serviu no self service, mas não conseguiu comer tudo… todos esses “vazamentos” podem comprometer o seu orçamento ou, pior, comprometer o alcance de um sonho.
Observe o seu dia a dia e crie um cofrinho para a realização do seu sonho. Não precisa colocar valores altos, experimente começar com R$ 1. Você irá se surpreender com o grande poder das pequenas economias.

Deixe uma resposta