Faça diferença no mundo, sem fazer diferença para o seu bolso

Durante um sábado por mês, os mais de 500 animais do Abrigo Augusto recebem visitas especiais. Um grupo de voluntários, de todas as idades e profissões, passa o dia fazendo faxina nos canis e gatis do abrigo. Com sacos de lixo, pás, desinfetantes, água sanitária, vassouras e panos, aos poucos, o local vai ganhando novos ares e cheiro de limpeza. Depois do chão, é a vez dos próprios cachorros tomarem banho. Um a um, eles são ensaboados e secos, com direito a laços e perfume. Um dia por mês para manter a higiene do local e a saúde dos animais. Custo para os voluntários: zero.

“É possível doar um dia da sua vida, sem custo, para melhorar as condições de alguém ou de algum animal. Esse trabalho que fazemos no abrigo é a maior prova disso”, contou a voluntária e servidora pública, Catarina Postigo. “Se não fosse por essa faxina mensal, o casal que cuida dos mais de 500 animais não teria condições de fazer tudo sozinho”.

Visitar orfanatos, asilos, organizar a biblioteca de uma escola pública, ler para cegos, ajudar uma criança carente com dificuldades de aprendizado… São inúmeros os trabalhos voluntários que não envolvem doações financeiras. Para ajudar, não é preciso sempre gastar dinheiro. Afinal, não existe bem maior que você possa oferecer do que um dia inteiro da sua vida dedicado a trazer alegria para uma pessoa ou animal carente. Não há dinheiro no mundo que pague por um sorriso.

Deixe uma resposta